Policial

Suspeito de estupro de vulnerável em ambiente virtual é preso pela PCCE em Cruz








27 de novembro de 2023 – 11:11
# # # # # # #



Homem, de 51 anos, utilizava uma rede social para trocar mensagens com a vítima, uma menina de oito anos

Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou, nesta segunda-feira (27), no cumprimento de um mandado de prisão temporária e de um mandado de busca e apreensão no município de Cruz, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Estado. O suspeito de estupro de vulnerável em ambiente virtual tinha como vítima, uma menina de oito anos, que foi induzida a enviar vídeos simulando atos sexuais por meio de uma rede social. O homem, de 51 anos, foi capturado pelos policiais civis e colocado à disposição da Justiça.

Conforme os investigadores da Delegacia Municipal de Cruz, o caso veio à tona no último dia 11 de novembro, quando os pais tiveram acesso ao celular da própria filha. Por meio das trocas de mensagens, foi possível verificar que o suposto pedófilo enviava vídeos pornográficos para a menina e, a partir de um roteiro elaborado, induzia a vítima a simular atos sexuais. O conteúdo das conversas levou os pais a apresentarem uma denúncia junto à unidade da Polícia Civil responsável pela área, que representou judicialmente pela prisão temporária.

De posse da ordem judicial, expedida pela Comarca de Cruz, policiais civis das delegacias municipais de Cruz, Jijoca de Jericoacoara e Itarema, além do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte deram cumprimento ao mandado de prisão temporária na manhã desta segunda-feira (27). O suspeito foi colocado à disposição da Justiça e também teve o próprio celular apreendido, em decorrência do cumprimento de um mandado de busca e apreensão. O equipamento eletrônico subsidia as investigações policiais.

*A identificação do suspeito não será divulgada para preservar a vítima.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações podem ser encaminhadas também pelo telefone (88) 3660-11436, da Delegacia Municipal de Cruz. O sigilo e o anonimato são garantidos.




Fonte: SSPCE

Mais Notícias

Botão Voltar ao topo