Últimas Notícias

Rompimento de adutora no Rio prejudica abastecimento de água 


O rompimento de uma adutora na Baixada Fluminense, na madrugada desta terça-feira (28), afetou o abastecimento de água de milhares de moradores da região metropolitana do Rio. Segundo a concessionária Águas do Rio, às 4h foi detectado o dano na tubulação que passa pelo bairro de Prados Verdes, em Nova Iguaçu. 

A Defesa Civil de Nova Iguaçu informou que pelo menos sete imóveis foram atingidos pela água que saiu da adutora, na área conhecida como km 32. Não há informações de feridos ou desabrigados. Agentes vão vistoriar os imóveis atingidos e verificar se houve danos estruturais. 

A Águas do Rio disse que está atuando no conserto da tubulação desde cedo e dando apoio aos moradores do local. Devido ao problema, foi necessário reduzir o abastecimento de água aos municípios de Nilópolis e São João de Meriti, na Baixada, além de cerca de 30 bairros da zona norte da capital fluminense. 

Os bairros da zona norte afetados são Guadalupe, Marechal Hermes, Honório Gurgel, Rocha Miranda, Colégio, Vicente de Carvalho, Irajá, Vila Kosmos, Complexo do Alemão, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Manguinhos, Bonsucesso, Ramos, Del Castilho, Tomás Coelho, Cavalcante, Higienópolis, Jacarezinho, Jacaré, Ilha do Governador, Cidade Universitária, Barros Filho, Coelho Neto, Acari, Pavuna e Parque Columbia. 

O rompimento da adutora também afetou sete bairros da zona oeste da cidade do Rio que são abastecidos por outra concessionária, a Rio+Saneamento. Foi preciso reduzir o fornecimento de água nos bairros de Campo Grande, Bangu, Realengo, Jabour, Jardim Sulacap, Campos dos Afonsos e Senador Camará, atendidos pela empresa.

Fonte: EBC

Mais Notícias

Botão Voltar ao topo